Erros.01 - FotoOlhar

Ir para o conteúdo

Erros.01

Exemplos Práticos
Índice
(Em ordem de lançamento)
Erros - Exemplos 03 - Corte 02
Erros - Exemplos 02 - Corte 01 • Erros - Exemplos 01 Variados 01 • Erros - Introdução 01 •
Erros - Exemplos 04 - Balanço de Branco 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Set./21
• A maioria dos equipamentos fotográficos, exceto os mais simples, na maioria das vezes permitem o ajuste manual do "balanço de branco", o modo auto é bom, mas pode errar e feio. O ideal é trabalhar com ajustes manuais do balanço de branco, ou seja, ajustá-lo de acordo com a fonte de luz predominante. Dependendo do equipamento tem as opções: Sol (luz do dia), sombra solar, incandescente, fluorescente, tungstênio, entre outras possibilidades.
• A primeira foto foi ajustada para Kelvin 2500, portanto ficou azulado, ou seja, perdeu-se as cores originais, já a segunda foi para Kelvin 6500 e foi compensado para a cor natural. Explicarei mais tarde como trabalhar com a unidade de medida Kelvin.
• Os smartphones permitem com facilidade o ajuste manual do balanço de branco, pesquise e leia o manual com atenção. Bom trabalho!
Erros - Exemplos 03 - Cortes 02
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Set./21
• Nesta matéria dou exemplos de enquadramentos corretos e também com erros de corte, por essa razão, antes do clic ou captura, é preciso analisar o quadro todo, principalmente as áreas que poderão ocorrer cortes.
• Meu objetivo é criar condições para que você possa evitá-los. Um corte inadequado prejudica em muito a visualização e leitura da imagem, seja cortando parte do modelo ou com corte em área muito distante do modelo principal, por exemplo. Boa análise e boas capturas!
• Nesta foto o corte foi parcialmente correto, porém aparece na parte inferior direita um líquido que tem um "visual" estranho, mas que faz parte do alimento, neste caso seria a eliminação do líquido (tempero) ou um enquadramento que eliminasse a parte onde ele está.
• O enquadramento está correto e equilibrado caso a sombra sobre a mesa não estivesse muito intensa, condição que tira a atenção do elemento principal.
• Esse é um "erro" muito comum, cortar parte do corpo, principalmente das extremidades inferiores e membros superiores.
• O mesmo vale para a imagem abaixo e, esta, tem um outro problema, os espaços laterais superiores estão desequilibrados.
Erros - Exemplos 02 - Cortes 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Ago./21
• É importante salientar que ao fotografar que haja uma preocupação com o enquadramento, consequentemente a composição, pois cortes errados destroem a qualidade de uma fotografia. Coloquei dois exemplos de enquadramento onde houve corte errado, ou seja, deixando de fora partes importantes do modelo fora do enquadramento.
• As duas imagens estão bem expostas, com iluminação precisa, mas pecaram nos cortes, tanto na imagem de São Francisco, bem como na flora. Marquei em vermelho estas áreas. O erro é parte do processo, pois é com ele que se aprende, esta regra vale para todo mundo, amador, entusiasta ou profissional, mas para detectá-lo é preciso analisar e até comparar com as imagens feitas por fotógrafos e fotógrafas profissionais de destaque. Tem na internet muitas fotos de amadores com alta qualidade, o mais importante, com capturas feitas com equipamentos diversos, de celulares, smartphones, tabletes, câmeras compactas, superzoom, mirrorless, DSLR de entrada, DSLR Full Frame, médio formato etc. Bom trabalho!
Erros - Exemplos 01 - Variados 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Jun./21
• Nesta matéria apresento mais algumas possibilidades de erros, na próxima apresentarei o erro e possibilidade de correção, parcial ou total, mas lembre-se na pós-produção nem tudo é possível, vale lembrar que os softwares têm limite, ou seja, não são perfeitos.
• Os erros abaixo ao contrário do muitos pensam tem solução, como o brilho na tela, o balanço de branco inadequado, subexposição e superexposição, entre outros, uma condição que poderia ter sido resolvida durante a composição, enquadramento e disparo, pois, deixar para a pós-produção é um erro maior, é mais trabalhoso, muitas vezes o tempo gasto não vale a pena porque o resultado não é satisfatório, entre outras possibilidades.
• Espero ter ajudado, como disse acima, na próxima matéria começarei a destacar os erros e as possíveis correções durante o disparo e ou na pós-produção. Boa análise e experimentação!
Erros - Introdução 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mai./21
• Esta é uma nova proposta do Site FotoOlhar.com com a finalidade de auxiliá-lo ou auxiliá-la no momento da captura. Neste primeiro momento apresentamos alguns "erros" mais comuns, porém em uma oportunidade futura serão feitos comentários, porque ocorrem e como evitar. Boa leitura e análise!
• Nesta foto o foco está muito baixo deixando uma área muito grande fora de foco, condição que incomoda visualmente. Na foto da direita destaquei a área em foco.
• Esta fotografia está tremida, isso ocorre por vários motivos e condições, por exemplo, iluminação fraca, velocidade de obturação extremamente baixa, entre outras.
• Mais uma vez o problema do foco, porém nesta situação trata-se de um ser vivo, e para que a imagem tenha melhor qualidade o foco nos olhos é fundamental, veja a sequência das imagens até a ampliação do olho.
• Outro exemplo de foco malfeito, porém todo corpo da ave está também fora de foco, não apenas os olhos.
Direitos Autorais
• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoOlhar.com, antigo FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por escrito fornecida pelo responsável, acima descrito.
Voltar para o conteúdo